A repercussão amplamente negativa do decreto publicado nesta terça pelo governo, que permite ao Ministério da Economia realizar estudos para privatizar Unidades Básicas de Saúde do SUS, levou o Planalto a anunciar o cancelamento da medida.

Uma edição extra do Diário Oficial vai rodar logo mais com o cancelamento do decreto.