Homem não aceita divórcio e atira contra a ex-mulher na frente da filha do casal

0
15

Reginaldo Pereira da Silva, de 45 anos, é preso após ser considerado suspeito pelo assassinato de sua ex-mulher, Érica Sousa de França da Silva, em Planaltina de Goiás (DF). Érica era assistente administrativa do Fórum, tinha 40 anos e três filhos – todos do casamento com o vigilante.

O crime foi ocorreu no último domingo (13), na casa de Érica. Cristiomário Medeiros, delegado responsável pela investigação, relatou que o homem, foi até a casa da ex-mulher, arrombou a porta e disparou a arma.

Segundo o delegado, após o crime fugiu e foi encontrado em uma casa que já havia morado pela Polícia Militar. Policiais relatam que foram recebidos a tiros pelo homem. Depois de três horas de investigação, se rendeu e confessou.

“Tiveram um relacionamento de 23 anos, mas estavam separados oficialmente há um ano. Nesse período todo ele tentou voltar com ela, mas ela já estava namorando outra pessoa. Ele disse que também tentou matar o namorado dela, mas que não conseguiu arrombar a porta de onde ele estava”, concluiu.

Reginaldo segue na cadeia pública da cidade e em breve deverá responder por ameaça e feminicídio – e por disparar tiros contra PMs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here